A aprovação, hoje, do substitutivo ao projeto de lei do vereador Fábio Camargo (sem partido) que regulamenta a concessão de alvará de licença para localização de casas de bingo deu os proprietários das casas mais um alento para que a modalidade volte a funcionar no Estado.

Camargo destacou que o substitutivo é um instrumento que a Câmara deu ao Executivo para criar a regulamentação do bingo. A substitutivo será votado num 2.º turno simbólico amanhã e em seguida será encaminhado para a sanção do prefeito.

Todavia, a postura do vereador Paulo Salamuni (PMDB) é completamente contrária. Ele disse que a lei orgânica do município já serve para regular a concessão de alvarás e que a regulamentação de jogos é de responsabilidade da União. ?É hilário. O prefeito vai passar por ridículo se sancionar algo que já existe. Esse projeto é uma cortina de fumaça para enganar os trabalhadores que estavam hoje (segunda-feira) na Câmara?, disse. (Leia mais na edição de amanhã do jornal O Estado do Paraná)