Quem quiser aproveitar o fim de semana para entender melhor o que é biodiversidade e o que são as conferências das Nações Unidas que acontecem na cidade desde o dia 13 e que só terminam no dia 31, não pode perder. O calçadão da rua XV de Novembro é pura biodiversidade. A exposição do projeto Nosso Ambiente está ajudando muita gente a entender o que cada um tem a ver com isso.

Fotos imensas de Curitiba, imagens que remetem à biodiversidade, referências aos programas ambientais que tornaram Curitiba reconhecida dentro e fora do país, sons naturais dos biomas brasileiros e muita informação estão à mostra, no meio do calçadão. Os sons de diversos habitats são importantes elementos da estrutura metálica de 12 metros de altura, onde é possível ver as imagens geradas pelo programa Google Earth mostradas num telão.

Às 19h, sempre às sextas, sábados e domingos, há uma performance musical e poética sobre biodiversidade. Às 20h é a vez do Cine XV, exibido num telão próximo ao bondinho da Rua XV. O documentário produzido pela organização ambiental Instituto Brasil Selvagem mostra alguns dos parques preservados existentes no Brasil.

Entre a Praça Osório e a Travessa Oliveira Bello também há painéis e uma imensa maquete de Curitiba. Depois da Travessa Oliveira Bello até a Alameda Dr. Muricy, tem uma exposição da Itaipu Binacional. Entre a Muricy e a Avenida Marechal Floriano Peixoto, há uma estrutura preparada pelo Ippuc. E da Marechal Floriano até a Praça Santos Andrade o Ibama mostra um pouco do que o Paraná tem.