Brasília – Os acordos de integração regional podem ajudar os países em desenvolvimento a impulsionar o crescimento econômico e a reduzir a pobreza. A constatação é de um novo estudo divulgado hoje pelo Banco Mundial (Bird).

Segundo a pesquisa, apresentada em Santiago (Chile), na Conferência Internacional sobre o Futuro do Livre Comércio nas Américas, os acordos regionais podem tornar os países em desenvolvimento mais competitivos no mercado doméstico, além de ajudá-los a ter acesso mais facilitado aos mercados das nações mais ricas.

O estudo afirma ainda que este tipo de pacto comercial pode aumentar a credibilidade das reformas econômicas desses países e recomenda que todos os países diminuam as barreiras ao comércio.

O estudo, chamado de ?Integração Regional e Desenvolvimento?, baseou-se em experiências de mais de 200 acordos mundiais de integração regional.