Cerca de 4,3 mil veículos foram abordados por agentes de trânsito da Diretran, estudantes universitários das Faculdades Uniandrade e Evangélica e voluntários da organização não governamental Criança Segura nesta quarta-feira numa blitz educativa feita com o objetivo de orientar os motoristas sobre os comportamentos mais seguros e saudáveis no trânsito. Quem passou pela rua Padre Agostinho próximo ao cruzamento com a rua Gastão Câmara, no Bigorrilho, entre 9h30 e 11h30, recebeu folhetos, adesivos e bandanas.

Ao parar cada veículo, os agentes, estudantes e voluntários falaram sobre a importância dos comportamentos seguros no trânsito. À tarde, entre 14h30 e 16h30, na Avenida Nossa Senhora da Luz, próximo a rua Itupava, outra blitz foi realizada. As atividades fazem parte das comemorações da Semana Nacional do Trânsito e do programa Trânsito Saudável, da Prefeitura.

“Esta é a primeira vez que as universidades participam da Semana Nacional do Trânsito conosco. E a colaboração dos estudantes universitários é fundamental porque uma das metas do programa Trânsito Saudável é justamente a mobilização da sociedade”, afirma a coordenadora do Núcleo de Educação e Cidadania da Diretran, Maura Moro Barbosa.

Os motoristas que são também ciclistas receberam uma cartilha em miniatura com o mapa das ciclovias da cidade, informações sobre as distâncias entre os principais pontos turísticos da cidade por ciclovias, as distâncias entre a Praça Tiradentes e os terminais de ônibus, os benefícios que a prática do ciclismo traz para a saúde, a postura correta ao pedalar, dicas de segurança e outras informações úteis para quem pedala em Curitiba.