Segundo modelo da família X que a BMW lança no Brasil (o primeiro foi o X5, há quatro anos), o X3 chega ao nosso mercado apenas cinco meses depois de seu lançamento mundial, na última edição do Salão de Frankfurt. Embora seja um pouco menor, o X3 tem “design” muito parecido com o do X5.

Na dianteira, o destaque fica com a grade bipartida do radiador larga e os grandes faróis de milha, que dão uma aparência robusta ao veículo. O conjunto ótico se estende de forma retangular ao longo do capô. Na traseira, as lanternas apresentam forma de L, que acentuam a semelhança com o X5. No porta-malas, sob a tampa, estão localizados a bateria e a alavanca que aciona o estepe, posicionado embaixo do veículo.

Este fator contribui para um aumento da capacidade de carga em relação ao X5. Para reforçar o apelo esportivo e que também implica robustez, o X3 ganhou pára-lamas salientes que conferem maior imponência ao conjunto.

O interior não foge ao habitual da BMW: simples e funcional, o novo X3 conta com bom aproveitamento do espaço e posição de direção privilegiada, que garante boa visibilidade ao motorista. O painel de instrumentos segue o “design” do Z4, com dois grandes mostradores (velocímetro e contagiros), bem como, um amplo console central.

Entre outros itens, no quesito segurança o X3 vem equipado de série com seis “airbags”, freios ABS e controle de estacionamento PDC, que emite aviso sonoro quando a parte traseira do carro se aproxima de um objeto. Entre os acessórios de conforto, estão porta-copos, ar-condicionado com controle digital de temperatura, disqueteira com capacidade para até seis CDs e sistema de navegação com DVD (que dispõe de uma função opcional de TV).

Mesmo carregando aparência de utilitário esportivo (SUV), o carro é definido pela montadora como SAV (Sport Activity Vehicle). André Mueller Carioba, presidente da BMW brasileira, acredita que o X3 ocupará um lugar único no mercado nacional, uma vez que apresenta características mais sofisticadas do que outros modelos 4X4 pequenos, como Toyota RAV4 e Mitsubishi Pajero TR4.

O veículo está disponível em duas versões de acabamento, Family e Sport, esta última diferenciada pela presença de teto solar que se abre até o banco do passageiro. Ambas estão equipadas com motor de 3.0L a gasolina, de 6 cilindros e 231 cv, que acelera de 0 a 100 Km/h em 7.8 segundos e atinge velocidade máxima de 210 Km/h. O preço deste pacote esportivo e luxuoso, que começa a ser comercializado pelas concessionárias BMW do País, é de R$ 280 mil para a versão Family e R$ 295 mil para a versão Sport.