Rio de Janeiro – Mais de 600 mil títulos da BNDES Participações(Bndespar), subsidiária do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, na Bolsa de Valores de São Paulo(Bovespa), com valor nominal de R$ 600 milhões e vencimento em janeiro de 2012. Segundo a Bolsa brasileira, a oferta da Bndespar foi a maior em termos de varejo já realizada no país, tanto em volume financeiro como em participação de investidores, totalizando 4.321 aplicadores.

A oferta obteve um resultado superior em 20%  à expectativa inicial de  colocação de 500 mil debêntures, em função da demanda de investidores pessoas físicas e institucionais que atingiu 1,8 milhão de debêntures. O preço de subscrição de cada título  foi definido no dia 21 de dezembro passado em R$ 898,33. A taxa de remuneração ao investidor será de 8,525% ao ano.

A assessoria de imprensa do BNDES informou que o desenvolvimento do mercado de capitais no país foi um dos objetivos da oferta de debêntures da Bndespar.  Alinhada à política adotada com títulos de longo prazo do Tesouro Nacional, a oferta inovou ao utilizar o Índice de Preços ao Consumidor Amplo(IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística(IBGE), como indexador.

?A emissão de debêntures da BNDESPAR, portanto, inicia com sucesso o seu programa de captação de recursos no mercado local, e contribui para aumentar a liquidez das debêntures e ampliar a base de investidores nestes títulos. Deste modo, o BNDES cumpre o seu papel de fortalecer o mercado de capitais e estimular novas alternativas de aplicação para o pequeno investidor?, destacou a assessoria do BNDES.

Por debênture, entende-se o título mobiliário representativo de dívida de médio e longo prazo que assegura a seus detentores, os chamados debenturistas o direito de crédito contra a companhia emissora. A definição é dada pela Andima e pela Associação Brasileira das Companhias Abertas(Abrasca).  Esse ativo é considerado o mais adequado à captação de recursos pelas empresas.