Dois vendedores autônomos foram atingidos por estilhaços de uma bomba de efeito moral detonada na Rua Comendador Abdo Shahin, altura número 158, região Central de São Paulo, por volta das 9h deste sábado. O artefato teria sido lançado durante suposto conflito entre camelôs irregulares e a Guarda Civil Metropolitana (GCM) na Rua 25 de Março.

A GCM negou qualquer embate hoje. Mas as duas vítimas feridas levemente, que realizavam compras em uma loja no momento, registraram um boletim de ocorrência no 1º Distrito Policial, da Sé, relatando a história. O caso foi repassado a corregedoria da GCM.