O corpo de bombeiros Voluntários de Penha, em Santa Catariana, intensificou nesta quinta-feira (1) as buscas ao padre Adelir de Carli, de 41 anos desaparecido desde o dia 20 de abril, quando tentava voar suspenso por balões de festa cheios de gás hélio.

Os bombeiros farão hoje uma megaoperação de buscas ao padre, com a equipe triplicada de 15 para 45 bombeiros. Eles vão percorrer cerca de 130 quilômetros, passando desde o Balneário Barra do Sul (SC) até Porto Belo (SC). Segundo o corpo de bombeiros, quatro equipes estão divididas para as buscas em terra e mar. Estão sendo usadas lanchas, jet-skis e um helicóptero do Parque Beto Carrero.

Por terra, serão vistoriadas áreas em Itacolomi, Praia Vermelha e Morro do Quati, entre outras regiões do Estado catarinense. Os bombeiros voluntários pretendem seguir com as buscas pelo menos até domingo (4).