Além de reforçar a equipe para 2007, o Botafogo se preocupou em cuidar do lado emocional dos jogadores. Para isso, contratou o motivador e consultor esportivo Evandro Motta, que trabalhou no clube em 1995 na conquista do título do Campeonato Brasileiro. No ano passado, o profissional ajudou na vitoriosa caminhada do Internacional até o título mundial obtido no Japão.

?A primeira etapa é trabalhar bem os jogadores nesta pré-temporada. Terei por base o trabalho realizado no Internacional?, explicou Evandro Motta, que está concentrado com o grupo do Botafogo em Vitória (ES), local dos treinamentos antes da estréia no Campeonato Carioca, que acontece no dia 24 de janeiro, contra o Madureira

Apesar de ser contratado para dar palestras motivacionais, Evandro Motta negou que este seja seu principal objetivo. Destacou que a intenção é a de mostrar aos jogadores o caminho que deve ser feito para se chegar às conquistas.

?Quero implantar uma cultura da excelência e de qualidade de treinamento. O meu trabalho não é de motivação. Não fico falando: ´Vamos lá! É isso aí!´?, explicou Evandro Motta. ?Procuro mostrar coisas que podem nos aproximar de grandes conquistas ou que nos atrapalham a chegar até elas. Os campeões sempre deixam pistas de como conseguiram sucesso e é isso que revelo.

Hoje, a diretoria do Botafogo negociou a saída de dois jogadores. O volante Leandro Carvalho foi emprestado por um ano ao Sport e o meia Thiago Xavier teve seus direitos federativos vendidos aos empresários Reinaldo Pitta e Alexandre Martins – depois disso, foi emprestado ao Châteauroux, clube da segunda divisão francesa.