A Eletrobrás informou que os governos do Brasil e do Paraguai fecharam acordo sobre a hidrelétrica de Itaipu. O governo brasileiro se comprometeu a tomar todas as medidas necessárias, em caráter de urgência, para suprimir o fator de ajuste dos contratos de financiamentos entre Itaipu e a Eletrobrás.

Segundo a estatal, a supressão do fator de ajuste se dará por meio de mecanismos que preservem os ativos da Eletrobrás e o fluxo de recebíveis da empresa e do Tesouro Nacional, decorrentes dos contratos e, além disso, que não alterem a tarifa de repasse da energia de Itaipu.