O Brasil passa pela maior queda de produção agrícola nos últimos 20 anos. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informa que as causas são as oscilantes mudanças climáticas: desde 2001 o sul do País sofre com a falta de chuvas.

Segundo o chefe da divisão de meteorologia aplicada, Expedito Ribello, as secas chegam no período em que os grãos necessitam de mais água para florescerem. "Os estado mais afetados têm sido o Rio Grande do Sul e o Mato Grosso do Sul com a falta total de chuvas" conta. Expedito lembra que São Paulo também foi bastante afetado pela seca, ao contrário do centro e norte, onde as chuvas são abundantes.

As mudanças de clima são conseqüências das chamadas oscilações decadais do pacífico ? elas promovem chuvas e secas fora da época prevista. Esses períodos podem durar de 15 a 24 anos. "Os agricultores começam a plantar em setembro e outubro por causa da chuva. Sem chuvas, os grãos não florescem e ficam secos, mesmo com toda a tecnologia."