Nove cidades da Grande São Paulo resolveram baixar para R$ 3 a passagem de ônibus, seguindo o anúncio feito nessa quarta-feira, 19, pelo prefeito da capital, Fernando Haddad (PT), e o governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB) após protestos que levaram milhares de pessoas para as ruas.

A nova tarifa passará a valer à zero hora de segunda-feira, 24, em seis municípios do Oeste paulista: Barueri, Carapicuíba, Itapevi, Jandira, Osasco e Santana de Parnaíba. A decisão foi divulgada após reunião do Consórcio Intermunicipal na tarde desta quinta-feira, 20.

É a segunda redução de tarifa na região Oeste nos últimos 15 dias. Em 7 de junho, os prefeitos já haviam reduzido de R$ 3,30 para R$ 3,20. “Cada prefeito adotará no âmbito de suas administrações as medidas necessárias para reduzir o valor”, diz nota enviada pelo Consórcio.

Outro grupo de prefeitos da Grande São Paulo, os que formam o Consórcio Intermunicipal do ABC, deve debater a diminuição do valor da passagem de ônibus nesta tarde. A Prefeitura de Mauá, porém, se antecipou e baixou a tarifa para R$ 3 – a medida também valerá a partir de segunda-feira.

Ferraz de Vasconcelos e Guarulhos já haviam anunciado a diminuição do valor da passagem dos ônibus para R$ 3 na quarta-feira. Fora da Região Metropolitano, Campinas e Mogi das Cruzes também decidiram baixar o valor da tarifa.