A Justiça do Rio levará a júri popular dois suspeitos de derrubarem um helicóptero da Polícia Militar do Rio, no dia 17 de outubro de 2010, durante operação no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na zona oeste do Rio.

De acordo com decisão do 3º Tribunal do Júri da Capital, da última sexta-feira, Fabiano Atanásio da Silva, conhecido como FB, e Leandro Domingos Berçot, o Lacoste, serão julgados sob a acusação de homicídio qualificado, tentativa de homicídio e associação para o tráfico de drogas.

Na queda do helicóptero, os policiais militares Marcos Stadler Macedo, Edney Canazaro de Oliveira e Izo Gomes Patrício morreram.  Lacoste aguardará o julgamento em liberdade. Ele foi solto em janeiro desse ano com parecer favorável do Ministério Público, mas por determinação da Justiça não pode se ausentar do Estado do Rio por mais de dez dias sem autorização. Já FB, que foi preso três dias antes das soltura de Lacoste, aguardará o julgamento no Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.