Três empresas aéreas -Azul, Avianca e Webjet- foram autuadas hoje pelo Procon-SP por não informarem ao consumidor, na hora de vender a passagem, quanto o voo escolhido costuma atrasar. A resolução da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) entrou em vigor ontem.

As companhias terão agora 15 dias para apresentar sua defesa e, em seguida, o Procon vai definir se aplica uma multa.

De acordo com o Procon, TAM, Pantanal e Gol apresentaram as informações, mas serão convocadas para realizar ajustes em seus sites.

Segundo a resolução da Anac, só entram na conta das empresas os voos com mais de 30 minutos. No site das empresas terá que ser mostrado o percentual de voos que atrasam mais de 30 minutos e mais de 60 minutos.
Procuradas pela reportagem no início da noite desta segunda, as empresas ainda não responderam.