Rio – Por ter confundido policiais militares com traficantes, o agente federal Marcelo Lopes de Araújo atirou, na madrugada de ontem, contra os PMs que iam prestar auxílio a ele, na Avenida Brasil, altura da favela Vila do João, zona Norte do Rio de Janeiro. O policial federal havia batido com o carro numa mureta da via e teria se assustado com a aproximação dos homens do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE), que revidaram os tiros. No confronto, Paulo Sérgio de Castro (foto), de 35 anos, que passava numa van pelo local, foi ferido no pé esquerdo por uma bala perdida. Ele foi levado para o Hospital Geral de Bonsucesso perto dali, e liberado em seguida. A van apresentava três marcas de disparos. “Todo mundo ficou muito assustado. Deitaram uns por cima dos outros. Só o motorista continuou dirigindo”, disse um passageiro da van.