A TAM informou nesta terça-feira (7) que o vôo 3054 realizado pelo Airbus A320 que se acidentou no último dia 17, em Congonhas, São Paulo, não seria o último a ser feito pela aeronave antes de ir para a manutenção. A informação havia sido dada antes pelo vice-presidente da companhia, Paulo Castelo Branco, durante reunião da comissão criada na Câmara Municipal para investigar os problemas nos aeroportos.

Segundo a TAM, o avião faria mais uma viagem, cujo destino não foi informado, antes de voltar para Congonhas, onde pernoitaria para passar pelos cuidados técnicos na manhã seguinte.