O vice-presidente José Alencar continua se recuperando bem da cirurgia de alta complexidade a que foi submetido, no último domingo (25), para a retirada de tumores na região abdominal, no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

De acordo com o último boletim médico, divulgado no início da tarde deste sábado (31), ele permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas apresenta boa evolução “dentro da programação prevista pelo corpo clínico”.

Alencar respira sem ajuda de aparelhos e está consciente, informa a nota. Os médicos que o acompanham são Paulo Hoff (oncologista clínico) , Roberto Kalil Filho (cardiologista) e Ademar Lopes (cirurgião-oncologista).