O presidente em exercício, José Alencar, acredita ser viável a abertura do capital da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) para a iniciativa privada. ?A Infraero é uma companhia muito grande, tem renda elevada e tem todas as condições de ser uma companhia aberta com grande resultado para os acionistas?, afirmou Alencar, após abrir reunião do Comitê de Articulação e Pactuação Federativa, no Palácio do Planalto.

No encontro, Alencar reiterou que a preocupação do governo é com a segurança dos passageiros. O Conselho de Aviação Civil (Conac) recomendou aos Ministérios do Planejamento e da Fazenda que realizem estudo sobre a abertura do capital da estatal.

De acordo com a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, o comando da empresa permanecerá com o governo e a participação do setor privado é no sentido de melhorar a administração do órgão e expandir o setor aeroportuário.