Estudantes da Universidade de Brasília (UnB) ficaram nus hoje no campus em sinal de repúdio às hostilidades contra a estudante Geyse Arruda, perseguida por colegas da Universidade Bandeirantes (Uniban), por usar um vestido curto.

Segundo os alunos, as imagens divulgadas chocaram pela “selvageria” e “barbárie”. Depois de tirarem as roupas, os alunos pediram que a reitoria da UnB se manifestasse formalmente contra a direção da Uniban.