A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) começará nos próximos dias a operação Hora Certa, programa de fiscalização extraordinária para, segundo a nota divulgada pela entidade, detectar e corrigir as falhas das companhias aéreas no atraso dos vôos domésticos. "A meta é reduzir significativamente os atrasos de mais de 1 hora nos vôos domésticos até o mês de julho de 2008. Em seguida, o alvo passará a ser a diminuição dos atrasos acima de 30 minutos", descreve o comunicado.

Fiscais da Anac atuarão junto às oficinas de manutenção das empresas, na operação de embarque de passageiros e na movimentação de aeronaves no pátio dos aeroportos. Além disso haverá acompanhamento dos vôos, de dentro das cabines, por parte de inspetores da agência. "Em todos os casos, serão checados os procedimentos operacionais das equipes e tripulações e também a manutenção e correto funcionamento dos equipamentos das companhias em terra e no ar", acrescenta a nota da Anac, ressaltando que a Ocean Air será a companhia mais fiscalizada devido a seu alto índice de atrasos e cancelamentos de vôos. O balanço preliminar de resultados da operação Hora Certa será realizado na segunda semana de fevereiro.