Brasília – A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) começa nos próximos dias um programa de fiscalização nas quatro maiores companhias aéreas do mercado brasileiro.

O objetivo da Operação Hora Certa é detectar e corrigir as falhas que ocasionam atrasos nos vôos domésticos. A operação vai fiscalizar os serviços das empresas Tam, Gol, Varig e Ocean Air em terra e no ar.

Em terra os fiscais da Anac vão atuar nas oficinas de manutenção, na operação de embarque e na movimentação das aeronaves. No ar, as empresas não vão ser avisadas quando os inspetores forem acompanhar o vôo dentro da cabine do comandante.

Assim, será possível monitorar os procedimentos operacionais e o funcionamento correto dos equipamentos.

Na primeira etapa da Operação Hora Certa, a meta é reduzir os atrasos de mais de uma hora nos vôos domésticos até o dia julho de 2008; na segunda, o objetivo é diminuir os atrasos de 30 minutos, até que sejam regularizados os horários da aviação civil.

De acordo com a Infraero, somente nas duas primeiras semanas de 2008, cerca de 40% dos vôos da empresa Ocean Air saíram com atrasos superiores a uma hora A Anac espera que os trabalhos da Operação já comecem dar resultados no período de carnaval.