A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou na tarde desta terça-feira (30) que foi identificada a variante ômicron no Brasil.

A agência reguladora informou que serão enviadas para análise laboratorial confirmatória as amostras de dois brasileiros que, preliminarmente, apresentaram resultado laboratorial positivo para a variante ômicron do Sars-CoV-2, após testagem realizada pelo laboratório Albert Einstein.

LEIA TAMBÉM:

>> Risco da “Ômicron”: Paraná monitora passageiros vindos da África do Sul

>> Ômicron traz risco global “muito alto”, diz OMS sobre a nova variante do coronavírus

Isso ocorreu após um passageiro, que desembarcou em Guarulhos no dia 23 de novembro, vindo da África do Sul , portando resultado de RT-PCR negativo, com vistas a se preparar para a viagem de regresso à África do Sul, procurar o laboratório localizado no aeroporto de Guarulhos, no dia 25 de novembro, para, já na companhia de sua esposa, realizar o teste de RT-PCR requerido para o retorno.

Naquele momento, ambos testaram positivo para a Covid-19 e o fato foi comunicado ao Cievs -SP (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde de São Paulo.

Diante dos resultados positivos, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras.

Ademais, o laboratório notificou a Anvisa sobre os resultados positivos dos testes e sobre o início dos procedimentos para sequenciamento genético no dia 29 de novembro e, nesta terça-feira (30) informou que, em análises prévias, foi identificada a variante ômicron do Sars-Cov-2.

Pantanal

Tenório se nega vender a fazenda para Zé Leôncio

Além da Ilusão

Isadora implora para que Diniz ajude Davi

Novidades

Comédia com Paulo Gustavo e mais filmes e séries chegam nesta semana na Netflix, confira!

ZapZap

Conheça 4 novas funcionalidades no WhatsApp