O estado de saúde do presidente da Viradouro, Marco Lira, de 44 anos, é estável. Ele levou dois tiros – um na perna esquerda e outro na barriga – na tarde de sexta-feira em Niterói (Grande Rio) e passou por cirurgia no Hospital das Clínicas do município. De acordo com a polícia, Lira teria reagido a uma tentativa de assalto quando deixava a quadra da agremiação, no bairro de Barreto.

De acordo com o boletim médico, divulgado pela assessoria do hospital, o presidente da Viradouro respira sem o auxílio de aparelhos, está lúcido, mas não tem previsão de alta.

Há dois anos e meio à frente da agremiação vermelho e branca de Niterói, Lira também é policial civil e presidente do diretório municipal do PTB. Em 2007, chegou a anunciar que seria pré-candidato à prefeitura de Niterói.