Por cinco votos favoráveis e dois contrários foi rejeitado hoje (7) o pedido de impeachment da Prefeita Marta Suplicy, que se baseava na acusação de irregularidades na área de educação. O pedido foi formulado por José Roberto da Silva, que acusava a prefeita de não ter aplicado corretamente as verbas de educação e nem de ter distribuído material e uniformes escolares.

Os vereadores Antônio Goulart (PMDB), Toninho Paiva (PL), João Antônio (PT), José Laurindo (PT), Celso Jatene (PTB) votaram pelo arquivamento do processo. Gilberto Natalini (PSDB) e Antônio Salim Curiati (PPB) votaram pela admissibilidade. O processo foi arquivado.