As dançarinas fizeram parte da comitiva
artística que foi agradecer a Lula.

Brasília – As dançarinas Sheila Melo e Scheila Carvalho fizeram a festa ontem no Palácio do Planalto, a primeira por se apresentar com o maior decote já visto no palácio presidencial e segunda por esbanjar generosamente um vestido vermelho, da cor do PT. “Eu não votei no Lula, mas estou confiante no governo”, declarou a Scheila Carvalho, que se confessou muito emocionada. As duas fizeram parte da comitiva artistica que foi agradecer ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva a aprovação rápida da lei contra a pirataria.

A lei de combate à pirataria, aprovada em maio deste ano, foi sancionada anteontem pelo presidente e publicada ontem no Diário Oficial da União. A lei aumenta de um para dois anos de prisão a pena mínima para as empresas que copiam os CDs e livros de forma ilegal. A pena máxima pode chegar a quatro anos de reclusão mais multa. Aqueles que oferecem e distribuem o material também estão sujeitos a punição.

O cantor e compositor Gabriel, o Pensador, entregou a Lula um disco de ouro como forma de homenageá-lo. Segundo o músico sertanejo Gian, da dupla Gian e Giovane, a lei, aprovada em maio passado, beneficia, de uma forma geral, todo o mercado fonográfico. “Viemos dizer o nosso muito obrigado e parabenizar o presidente, que já fez tanto, em tão pouco tempo de governo”, afirmou o músico, ao sair da reunião com Lula.

O vocalista Rogério Flausini, do grupo Jota Quest, disse que a lei não resolve o crime, mas já é o primeiro passo, porque aumenta a pena para quem se envolver com a pirataria. “A conscientização da população contra a pirataria também é muito importante”, afirmou o músico. As mais assediadas no encontro foram as duas dançarinas do É o Tchan, Sheila Melo e Scheila Carvalho.

O presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Disco, Paulo Rosa, que também participou do encontro, declarou que a indústria fonográfica brasileira trabalha com preços baixíssimos se comparados ao mercado internacional, mas prometeu estudar o uma redução no preço do CD de forma a combater a pirataria e favoreder o acesso destes produtos às pessoas com menor poder aquisitivo.

Durante o encontro, que durou aproximadamente 15 minutos e ocorreu em clima de total descontração, Gabriel cantou um trecho da música “Cara feia”, de seu novo CD, composta em homenagem ao programa do governo federal de combate à fome, Fome Zero.