Brasília – Cada um dos 658 atletas (371 homens e 287 mulheres) da delegação brasileira nos Jogos Pan-americanos 2007 vai receber, até o final desta semana, uma correspondência especial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro do Esporte, Orlando Silva. Uma carta com votos de boa sorte e sucesso na competição e uma bandeira do Brasil compõem o pacote. Os jogos começam no dia 13 de julho e terminam no dia 29.

As bandeiras foram fabricadas pelos detentos do Programa Pintando a Liberdade, da fábrica da penitenciária da Papuda, em Brasília. ?Os atletas receberão a bandeira do Brasil. Essa é uma forma de, simbolicamente, fazermos com que eles se sintam abraçados pelo país, já que percebemos que a motivação é muito grande de toda a torcida brasileira pelos resultados que virão nos Jogos Pan-americanos. Nós esperamos que essas bandeiras sejam abertas após muitas conquistas durante os jogos?, disse Orlando Silva.

Pintando a Liberdade é um projeto de ressocialização do Ministério do Esporte, feito em parceria com o Ministério da Justiça. Tem dois objetivos: suprir a demanda de materiais esportivos nos programas federais de cunho social e constituir-se em ferramenta do processo de ressocialização dos presos dos sistema penal brasileiro. Os integrantes são remunerados e podem diminuir um dia de pena a cada três trabalhados.

No país, segundo o ministério, são 90 unidades de produção de material esportivo. Elas fabricam bolas de futebol de campo, futsal, voleibol, basquetebol, handebol, bolas com guizo para deficientes, redes para diversas modalidades, jogos de xadrez, camisetas, calções, bandeiras, bonés e sacolas.

A bola com guizo para portadores de deficiência visual é um dos principais produtos do programa: foi escolhida pela International Blider Association (IBSA) como a bola oficial das competições, sendo distribuída para 108 países.

De acordo com o ministério, o material fabricado pelos 12,7 mil detentos que participam do programa beneficiam quase cinco milhões de jovens em todo o Brasil. São produzidos, anualmente, cerca de um milhão itens esportivos.