O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, vai receber hoje o avião modelo P-31 Navajo que pertenceu ao traficante colombiano Juan Carlos Ramírez Abadia, preso em agosto, em São Paulo. De acordo com a secretaria, o governo estadual conseguiu na Justiça a autorização para utilizar a aeronave no combate à violência no Estado, principalmente na transferência de bandidos do Rio que forem detidos em outros Estados.

O avião, avaliado em R$ 400 mil, ficará com o governo fluminense pelo menos até o fim do processo contra o criminoso. O P-31 pode carregar até seis passageiros e dois tripulantes, atinge velocidade máxima de 399 km/h e altitude de quase 5,5 quilômetros (26,3 mil pés). A aeronave tem cerca de dez metros de comprimento e quatro metros de altura. A autonomia de vôo é de 5 horas e 30 minutos.