Barretos (SP) vive uma epidemia de dengue com exatos 1.995 casos positivos confirmados somente neste ano. Mas, mesmo assim, muitos moradores se negam a receber os agentes de saúde. Diante disso, a prefeitura tem ido à Justiça e com liminares tenta entrar nos imóveis. Já foram emitidas seis autorizações do tipo, das quais três foram cumpridas.

Sem contar os casos confirmados, a cidade contabiliza ainda 3.272 notificações da doença. Durante todo o ano passado foram 741 casos suspeitos e somente 296 positivos. Por isso o trabalho de fiscalização nos bairros foi ampliado, inclusive, com a contratação emergencial de mais pessoas que analisam se existe água parada em quintais, nos vasos, garrafas e outros recipientes.

Quando ocorre a recusa, o Setor de Controle de Vetores, antes de ir à Justiça, ainda tenta convencer o morador da necessidade de vistoria. Se até mesmo com o oficial de Justiça não for possível entrar no imóvel, talvez até pela ausência do morador, é providenciado o arrombamento e o proprietário pode ser multado em até R$ 100 mil.