O Corpo de Bombeiros identificou como Silvestre T. Neto, 34, e Felipe B., 18, as duas vítimas que morreram na manhã de hoje na queda de um helicóptero, na serra da Grota Funda, em Guaratiba, zona oeste do Rio.

O acidente aconteceu por volta das 8h50. Segundo os bombeiros, Silvestre seria instrutor de voo e Felipe, aluno da escola de aviação Rio 22. A dupla realizava uma aula prática na região.

A aeronave havia saído do aeroporto de Jacarepaguá, também na zona oeste. Moradores de Guaratiba disseram aos bombeiros que a forte neblina teria dificultado a visibilidade do piloto.

A Polícia Civil ainda realiza perícia no local. Uma faixa da estrada da Grota Funda, sentido Recreio dos Bandeirantes, permanece interditada.

Uma representante da empresa disse por telefone que as causas do acidente serão investigadas. Até as 14h30, a escola de aviação não se manifestou sobre o caso.