Brasília  – A briga que começou há meses ganhará ares de superprodução a partir de terça-feira, com os candidatos ocupando a TV e o rádio por 45 dias na disputa decisiva do primeiro turno da campanha eleitoral. É o segundo round da batalha eleitoral e a arma na qual apostam os candidatos à Presidência, aos governos estaduais e ao Legislativo para conquistar novos e decisivos votos até as eleições de 6 de outubro.

Duda Mendonça, o publicitário que cuida do PT de Luiz Inácio Lula da Silva, diz acreditar que este ano os programas eleitorais gratuitos serão mais importantes do que nunca. Para ele, os 15 primeiros dias da campanha na TV e no rádio deverão decidir o primeiro turno”. São poucos candidatos com equipes muito profissionais e competentes, o que garantirá qualidade aos programas e audiência alta. Funcionará como uma injeção de benzetacil para os candidatos”.

Duda diz acreditar que os programas tendem a mostrar as diferenças entre os candidatos e devem levar o eleitor a prestar mais atenção às propostas de cada um. Mas ele evita dizer qual o adversário preferido para a disputa no segundo turno”.Prefiro não escolher adversário. O certo mesmo é que estamos no segundo turno e lá vamos ter o dobro de tempo que temos hoje” diz

Trunfo

Einhart Jacome da Paz, publicitário e cunhado de Ciro Gomes, candidato da Frente Trabalhista, conta com uma imagem conhecida como trunfo para os programas, a atriz Patrícia Pillar, mulher de Ciro. Patrícia terá participação constante nos programas, com depoimentos sobre o marido-candidato, que explicará suas propostas diretamente ou respondendo a perguntas, usando também cenas externas e reportagens sobre os problemas nacionais.

Ciro será o responsável pelos textos embora Einhart não negue que, com freqüência, ele usa termos complicados para o telespectador comum”. Às vezes, ele fala difícil”. O publicitário acredita que pode até transformar essa peculiaridade de Ciro em algo positivo” .

Respostas imediatas

Há duas semanas, o publicitário Nizan Guanaes está internado nos estúdios onde produz os programas do candidato tucano José Serra, dono de 20 minutos diários na TV, mais tempo do que dispõem juntos Lula e Ciro. Muitas gravações serão feitas no fim de semana.

A idéia de Nizan é fazer programas quentes, com respostas imediatas para os acontecimentos diários da campanha nas ruas.

O candidato do PSB, Anthony Garotinho, também vai explorar o filão, mostrando as obras que realizou como governador do Rio, como o restaurante popular e outras iniciativas na área social.