O goleiro Bruno Fernandes de Souza recebeu hoje uma televisão de 14 polegadas de seu advogado. O jogador está preso na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem (MG) há 16 dias sob suspeita de ter participação no desaparecimento de Eliza Samudio, sua ex-amante. Ele também passou a ter direito ao banho de sol no presídio, que pode variar de 30 minutos a duas horas, dependendo da disponibilidade de agentes penitenciários para acompanhá-lo.

Mesmo assim, ele continua isolado sem qualquer contato com outros presos. Bruno está em um pavilhão de triagem uma cela individual de seis metros quadrados, onde há uma cama, um vaso sanitário, um chuveiro e uma pia. Além de Bruno, outros cinco suspeitos de participar do sumiço de Eliza também estão presos na penitenciária.