A Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (18) que todos os pagamentos de indenizações do DPVAT serão feitos pelo aplicativo Caixa Tem. A Caixa assinou contrato com a Susep (Superintendência de Seguros Privados) na sexta (15) assumindo o atendimento e pagamento das indenizações do DPVAT. Serão considerados os sinistros ocorridos a partir de 1º de janeiro de 2021. Não há mudanças nas regras de indenização.

LEIA MAIS – IPVA de veículos com placas final 1 e 2 vence nesta segunda-feira. Veja o calendário!

“Quem ainda não tem conta na Caixa receberá o pagamento de graça por essa conta digital”, disse Pedro Guimarães, presidente do banco. A Caixa passou a fazer a gestão do seguro em 2021.

A solicitação é gratuita e pode ser feita diretamente na Caixa pela vítima ou pelo beneficiário. As indenizações previstas são de até R$ 13,5 mil por morte ou invalidez permanente ou reembolso de despesas médicas de até R$ 2,7 mil.

As coberturas previstas são por colisão entre veículos, colisão com obstáculos físicos, atropelamento e capotamento.

Atendimento

Caso o usuário não consiga acessar o valor via aplicativo, a Susep exigiu que a Caixa oferecesse uma opção de atendimento presencial, afirma Solange Vieira, superintendente da Susep. “No fim de janeiro vai estar tudo eletrônico. Ainda estamos em pandemia e isso vai dar conforto para todos, que não precisarão ir às agências”, disse Vieira.

LEIA AINDA – Com colete, capacete e cones, jovens simulam isolamento de área pra pichar viaduto em Curitiba

Ela lembrou que o prêmio em 2021 é zero, graças ao excedente de recursos de R$ 4,3 bilhões. “Existe uma sobra de recursos de anos anteriores que o contribuinte pagou e com certeza teremos recursos para todo ano”.