Em ano eleitoral e depois de 33 dias sem votar nenhum projeto, a Câmara não realizou hoje nem sequer a sessão para discursos. Até as 14h30, último prazo regimental para a abertura da sessão, apenas cinco deputados haviam registrado presença na Casa. Dois deles, Clementino Coelho (PPS-PE) e Gastão Vieira (PMDB-MA), esperaram em vão no plenário. A sessão foi cancelada. Os deputados não votam nenhum projeto desde o dia 8 de maio.

No dia 12 de maio, venceu o prazo para os deputados votarem a medida provisória que reajustou o salário mínimo de R$ 180 para R$ 200. Desde então, o governo manteve a pauta de votação da Câmara trancada, temendo que a votação da MP atrapalhasse o calendário de votação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) no Senado. (Fonte: Correio Web/FolhaNews)