Rio de Janeiro – Uma animada caminhada pela orla da Praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro, com a distribuição de camisinhas e folhetos educativos, marcou o início das ações de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis (DST) e à Aids que serão realizadas durante a realização dos Jogos Pan-Americanos.

Os ministros da Saúde, José Gomes Temporão, e da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéia Freire, participaram do lançamento da campanha, que reúne as parcerias das três esferas de governo (federal, estadual e municipal), ONGs e entidades da sociedade civil. A campanha estima a distribuição de 600 mil preservativos com o slogan "Vista-se nos jogos. Use sempre camisinha".

Segundo o ministro da Saúde, as campanhas de prevenção devem ser permanentes, apesar da adesão ao uso do preservativo ter aumentado na sociedade como o todo. "Uma pesquisa sobre iniciação sexual dos brasileiros mostrou que metade dos jovens na sua primeira relação sexual não usou camisinha. O esforço é permanente . Tem que estar sempre informando, mobilizando chegando nas escolas. E considero importante aproveitar esse evento, que vai ter uma grande repercussão nacional e internacional. Turista, atleta, dirigente e a sociiedade toda vendo e participando".

Temporão disse que a campanha vai chamar a atenção para as novas características da Aids no Brasil, que é a maior contaminação de mulheres e também a mudança da faixa etária de contaminados, que começa a crescer, proporcionalmente, em pessoas acima de 50 anos. "A camisinha não é só para a garotada. O coroa e a coroa também têm que estar ligado e usar", defendeu.

A permanência das campanhas sobre prevenção também foi defendida pela ministra Nilcéia Freire, para que as informações sejam assimiladas e mudem o comportamento das pessoas. Ela argumentou que falta maior divulgação sobre o uso da camisinha feminina para que as mulheres se protejam.

"Ela é pouco divulgada. Nós estamos ampliando a divulgação e a distribuição da camisinha feminina. Ela é mais complexa na colocação, portanto, as mulheres têm que ser mais informadas sobre o seu uso. E isso a gente está fazendo agora", disse.

O material informativo e as camisinhas serão distribuídos em todos os espaços dos Jogos Pan-Americanso, como a Policlínica dos Atletas , na Vila do Pan; Praça das Medalhas, em Copacabana, e no Riocentro, onde funcionará o Comitê de Imprensa do evento.

A distribuição do material será estendida a atletas e turistas que desembarcarem de 12 a 15 desse mês no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro Galeão-Tom Jobim.