Um caminhão-tanque carregado com 24 mil litros de licor negro, produto tóxico e corrosivo contendo soda cáustica, tombou no final da tarde deste domingo, 26, na Rodovia Jurandir Siciliano (SP-255), em Itaporanga, sudoeste paulista. O motorista sofreu ferimentos leves. O produto, um resíduo da fabricação de papel e celulose, vazou e atingiu um córrego, afluente do Rio Verde, tributário da Bacia do Rio Paranapanema.

Policiais rodoviários e funcionários da empresa responsável pelo transporte fizeram a contenção do produto para evitar maior descarga no rio.

Na manhã desta segunda-feira, 27, técnicos da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) iniciaram a remoção dos restos do hidróxido e do solo contaminado pelo produto.

Amostras de água do córrego e do Rio Verde foram coletadas para análise. De acordo com técnicos da companhia ambiental, após a retirada do material, será avaliada a extensão dos danos ao ambiente. A empresa responsável pela carga deverá ser autuada.