Uma equipe da Guarda Civil Municipal de Cajamar, na Grande São Paulo, surpreendeu um grupo que havia roubado um caminhão com uma carga de eletroeletrônicos das marcas Samsung e HP, domingo, 27, na Rodovia Anhanguera. Os suspeitos faziam o transbordo da carga quando os guardas, avisados por um caseiro, fizeram a abordagem. Os homens fugiram em três veículos, abandonando parte da carga. Ninguém foi preso. O motorista do caminhão, que havia sido tomado como refém, foi libertado.

De acordo com a GCM, o motorista foi rendido no km 44 da Anhanguera. Os bandidos assumiram o volante e seguiram até um sítio na zona rural de Cajamar. O caseiro notou a movimentação suspeita e acionou a Guarda. Na fuga, os criminosos conseguiram levar parte da carga que já estava nos carros – uma van, um automóvel e uma caminhoneta-baú. Dois suspeitos fugiram a pé pela mata e não foram localizados. Segundo a Polícia Civil, os produtos roubados da Samsung somam R$ 150 mil e da HP, cerca de R$ 80 mil.

O Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo – Interior (Deinter) de Campinas informou que a ação em Cajamar não teve qualquer relação com o roubo ocorrido no dia 7 deste mês na fábrica da Samsung naquela cidade. Na ocasião, um bando armado invadiu a indústria e obrigou funcionários a carregar sete caminhões com quase 40 mil produtos, fugindo em seguida. Até a tarde desta segunda-feira, 28, os bandidos não tinham sido encontrados e a carga continuava desaparecida. O Deinter informou que as investigações estão adiantadas. Sobre o roubo em Cajamar, a Samsung informou em nota que está apurando os fatos e se posicionará oportunamente. A HP não se manifestou.

Paraná Online no Facebook