A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza reunião nesta quarta-feira (12), quando deve examinar projeto de lei do senador José Eduardo Dutra (PT-SE) que impõe maior rigor na elaboração e na divulgação de pesquisas de opinião. Pela proposta, que pode ser aprovada em caráter terminativo de acordo com o substitutivo do senador Pedro Simon (PMDB-RS), os diretores de institutos de pesquisa que fornecerem informações errôneas à Justiça Eleitoral ou que apresentarem fraudes nos resultados podem ser condenados à prisão, e a empresa pode ter seu registro cassado.