O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) deverá reunir hoje cerca de 650 mil universitários, em mais de 1,3 mil municípios, a partir das 13 horas (horário de Brasília). As provas para avaliar a qualidade do ensino de universidades, centros universitários e faculdades serão aplicadas aos alunos matriculados no primeiro e no último semestre de determinados cursos, como Enfermagem, Serviço Social, Fisioterapia e Farmácia. A participação é pré-requisito para o recebimento do diploma final de graduação.

Do total de participantes, 261 mil estão ingressando e 161 mil concluindo o ensino superior. Também farão a prova 227 mil alunos que deixaram de fazer a prova do Enade em anos anteriores e vão regularizar sua situação. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pelo exame, enviou aos candidatos, pelo correio, um cartão com o local da prova e informou que dúvidas podem ser esclarecidas pela página do instituto na internet.

Entre os cursos avaliados este ano estão as graduações em Agronomia, Biomedicina, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Serviço Social, Terapia Ocupacional e Zootecnia, Além dos Cursos Superiores de Tecnologia em Agroindústria, Agronegócio, Gestão Ambiental, Gestão Hospitalar e Radiologia.

O exame é composto de questões objetivas e discursivas, sendo dez de formação geral, comuns a todas as áreas, e 30 de conhecimentos específicos. O aluno não precisa atingir uma nota mínima, apenas participar da prova. As informações são da Agência Brasil.