Subiu de cinco para oito o total de feridos na explosão em uma pequena fábrica clandestina de fogos de artifício nesta sexta-feira (25) em um bairro residencial de Carnaíba, a 415 quilômetros do Recife. O barulho da explosão foi ouvido até em uma cidade próxima. Foram atingidas duas casas – uma onde funcionava a fábrica e a vizinha onde morava o dono do depósito, José Adelmo dos Santos, com sua família – e foram soterrados um carro e uma moto. Outras casas da vizinhança também foram danificadas. Os feridos – nenhum em estado grave – foram atendidos no hospital do município. Entre eles, a esposa, a mãe e filhos de Santos.

O delegado William Lacerda abriu inquérito policial e o proprietário da fabrica familiar, sem autorização para funcionar pode ser indiciado. José Adelmo dos Santos disse ter acordado com os latidos dos cachorros, por volta das 6h30, e viu um rapaz correndo. Em seguida ocorreu a explosão. Foi encontrada no local uma garrafa pet com combustível. Ninguém estava no depósito de fogos naquele momento.