Porto Alegre (AE) – O Rio Grande do Sul está passando por uma semana de chuvas mal distribuídas, e apesar de torrenciais em algumas regiões, elas ainda não aliviaram a vida dos moradores dos 15 municípios que estão em situação de emergência e dos três que estão sob racionamento de água por estiagem.

Na serra, temporais e precipitações superiores a 100 milímetros elevaram o nível do rio das Antas em sete metros, interrompendo a travessia de balsas entre Nova Pádua e Nova Roma do Sul ontem. Em Bagé, na zona sul, a chuva foi fraca e não alterou o nível das três barragens de captação de água. Os 120 mil moradores enfrentam suspensões do abastecimento por seis horas diárias.