Um grande carregamento de cigarros contrabandeados do Paraguai foi apreendido em Tatuí, região de Sorocaba, numa operação conjunta da Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Federal. A carga, com 750 mil maços de cigarros acondicionados em 1.500 caixas, era transportada em dois caminhões do tipo baú, com placas de São Paulo e de Cerquilho.

Os veículos foram parados no quilômetro 129 da rodovia Castelo Branco, em Tatuí, depois de terem viajado cerca de 900 quilômetros por rodovias do Paraná e de São Paulo. Os compartimentos de cargas estavam tomados até o teto pelas caixas com cigarros.

De acordo com o policial rodoviário José Messias de Lima Filho, que parou os veículos, foi a maior apreensão do gênero já ocorrida na região. Os caminhões foram apreendidos e levados com a carga para a Delegacia da Polícia Federal, em Sorocaba. Os dois motoristas e um ajudante foram indiciados em inquérito por crime de descaminho.

Os três ocupantes de um automóvel Golf que davam cobertura à carga também foram detidos e indiciados. O carro foi apreendido. Eles alegaram que tinham sido contratados apenas para o transporte do cigarro. O carregamento foi feito em Foz do Iguaçu no Paraná, divisa com o Paraguai, e seria levado até a zona leste de São Paulo.