O coronel Fernando Camargo, chefe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), afirmou, em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Apagão Aéreo, na Câmara dos Deputados, que a função do órgão não é encontrar culpados nem responsáveis pelo acidente com o Airbus A320 da TAM, mas evitar que novos acidentes aconteçam. Ele disse que a investigação conduzida pelo órgão da Aeronáutica é de caráter preventivo, não punitivo.

De acordo com o militar, é prematuro antecipar qualquer informação a respeito das causas do acidente. O coronel é presidente de uma comissão criada pelo Cenipa para analisar o acidente. Ele acompanhou a análise das duas caixas-pretas do avião da TAM nos Estados Unidos e trouxe os dados analisados para o Brasil.