A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instalada ontem na Câmara Municipal  de Santo André para apurar as denúncias de propina na administração petista da cidade, vai convidar ou intimar a prestar depoimentos todos os envolvidos no suposto esquema de arrecadação de dinheiro para financiar as campanhas eleitorais do PT. Segundo o vereador Donizeti Pereira (PV), designado para atuar como relator da comissão, todas as seis pessoas envolvidas no caso, além de empresários citados nas acusações e João Francisco Daniel, irmão do ex-prefeito Celso Daniel (PT), assassinado em janeiro, deverão prestar depoimento. ?Vamos ouvir todo mundo e no menor prazo de tempo possível?, afirmou o vereador. ?A CPI tem pressa.?

De acordo com Pereira, os cinco vereadores que integram a CPI já decidiram que os trabalhos deverão prosseguir durante o recesso parlamentar de julho. Integrantes da comissão passaram o dia hoje em reuniões ou recolhendo material sobre as denúncias publicado na imprensa e nas páginas de notícias da internet. ?Por enquanto, as únicas informações que temos estão sendo divulgadas pela imprensa?, disse Pereira.