A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Crise Aérea na Câmara dos Deputados ouve os comandantes dos centros integrados de Defesa Aérea e Controle do Tráfego Aéreo (Cindacta) 1 e 2, Eduardo dos Santos Raulino e Eduardo Jean Kiame, respectivamente. Às 13h, a CPI toma o depoimento do diretor do Instituto de Controle do Espaço Aéreo (Icea), Paulo Roberto Sigaud Ferraz. 

No Senado, a comissão que investiga a crise aérea deve se reunir para ouvir a empresária paranaense Sílvia Pfeiffer. No dia 21 de junho, ela começou a prestar depoimento sobre suposto esquema de corrupção na Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero).