A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Apagão Aéreo do Senado ouve 7 procuradores da República para apurar detalhes das auditorias feitas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) relativas a irregularidades em obras em diversos aeroportos do País, administrados pela Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária (Infraero). De acordo com o relator da CPI, Demóstenes Torres (DEM-GO), serão 14 procuradores convocados, e todos devem dar seus depoimentos ainda esta semana.

Dos sete procuradores que irão hoje ao Senado, cinco são do Estado de São Paulo, um de Goiás e um do Distrito Federal. São eles Matheus Baraldi Magnani (São Paulo); Suzana Fairbanks Lima de Oliveira (São Paulo); Fernanda Teixeira de Souza Taubemblatt (São Paulo); José Ricardo Meirelles (São Paulo); Paulo Roberto Galvão de Carvalho (São Paulo); Bruno Caiado de Acioli (Distrito Federal)e Hélio Telho Corrêa Filho (Goiás).