As comissões parlamentares de Inquérito do Apagão Aéreo do Senado e da Câmara devem investigar a fundo as causas do problemas no setor, inclusive possíveis responsabilidades de controladores de vôo, na avaliação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Eu quero que a CPI faça as investigações que tiver que fazer, sabe, que adentre profundamente no sistema pra ver o que está falhando, porque, olha, eu vou dizer uma coisa, eu  fiz muitas greves na minha vida, e eu consigo perceber quando tem má-fé, quando tem má vontade, quando tem disposição?, disse ele, em seu programa semanal de rádio Café com o Presidente.

Lula também falou sobre o Inquérito Policial Militar (IPM), instaurado a pedido do Ministério Público Militar, sobre a paralisação dos controladores de vôo ocorrida em 30 de março. ?O IPM que está sendo feito pelo Ministério Público Militar é muito importante, porque vai detectar quem está fazendo o quê, é importante que se apure com muita seriedade quem foi responsável, quem tentou fazer os passageiros sofrerem o que sofreram nesses últimos nove meses?.

Para o presidente Lula, os controladores, o governo e as empresas aéreas devem agir com mais responsabilidade para que os passageiros não sofram mais com atrasos de vôos. ?É preciso os controladores, Aeronáutica, as empresas de aviação, a Infraero, Anac, todos agirem com a maior responsabilidade, na maior harmonia, para que as pessoas saiam de casa com a certeza de que vão encontrar o seu avião no horário e que vão chegar no compromisso marcado no horário?, afirmou.