As aulas nas escolas municipais e estaduais do Paraná voltam amanhã, mas os cuidados e orientações em relação à nova gripe vão continuar. Para garantir o monitoramento nos colégios, parceria entre as secretarias estaduais da Educação e da Saúde criou os “cuidadores da gripe”. Cada escola terá um responsável por disseminar informações confiáveis e monitorar os casos suspeitos.

O estudante que for detectado como caso suspeito receberá uma máscara e será mandado para casa e orientado a procurar um médico, que pode colocar a criança em observação durante sete dias. O cuidador da gripe vai monitorar a sala do aluno com suspeita da doença, ajudando a reforçar a prevenção e detectando precocemente qualquer outro caso suspeito.

Confira algumas orientações da Secretaria de Saúde de Curitiba para controle da gripe A (H1N1) nas escolas e creches:

BEBEDOUROS

– Orientar os alunos para não colocarem os lábios no bico ejetor de água dos bebedouros.
– Desinfetar o equipamento com álcool gel, com frequência.
– Disponibilizar copos descartáveis ou orientar para trazer de casa o copo ou garrafa plástica para uso individual.

BANHEIROS

– Intensificar a limpeza e desinfecção dos banheiros, incluindo maçanetas, torneiras e porta-papel.

REFEITÓRIOS

– Lavar as mãos antes das refeições.
– Orientar os alunos a não compartilhar copos, talheres, bebidas e alimentos.
– Realizar a desinfecção das mesas e cadeiras, friccionando com pano limpo embebido com álcool 70%, após o uso

SALAS DE AULA

– Disponibilizar álcool gel na entrada das salas e orientar os alunos para a sua utilização.
– Realizar a desinfecção das mesas e cadeiras, friccionando com pano limpo embebido com álcool 70%, ao final do período e/ou a cada troca de turmas.
– Os alunos devem possuir poltrona/cadeira fixa.
– Orientar os alunos a não compartilhar materiais (canetas, lapiseiras, borrachas).
– As creches devem reforçar a higienização frequente com álcool em gel dos brinquedos de uso comum, trocadores e banheiras.