Rio – O juiz Lafredo Lisboa deferiu o pedido do Ministério Público de prisão preventiva de oito fiscais que têm contas na Suíça. A decisão foi baseada no Artigo 312, que fala da garantia da ordem pública e conveniência da instrução e aplicação penal.

Os fiscais presos são Rômulo Gonçalves, Rodrigo Silveirinha, Carlos Eduardo Ramos, Lúcio Picanço, Amaury Franklin, Axel Ripoll, Sérgio Lucena e Hélio Lucena. Hélio é o único que não está na audiência no Tribunal do Júri da Justiça Federal.