Brasília

– Os oito suspeitos do assassinato dos fiscais e do motorista do Ministério do Trabalho, em 28 de janeiro deste ano em Unaí (MG), foram denunciados segunda-feira, pelo Ministério Público Federal. Foram denunciados: Norberto Mânica, Hugo Alves Pimenta, José Alberto de Castro, Francisco Elder Pinheiro, Erinaldo de Vasconcelos Silva, Rogério Alan Rocha Rios, Willian Gomes de Miranda e Humberto Ribeiro dos Santos. Os sete primeiros foram denunciados pelos crimes de homicídio doloso triplamente qualificado e formação de quadrilha.