Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Lula: preocupação com a governabilidade, caso reeleito.

Um dia depois de entregar a presidência e mais três diretorias dos Correios ao PMDB, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nomeou ontem o engenheiro civil Fernando Antônio Brito Fialho diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). A nomeação também entra na cota do PMDB no governo, com o Planalto já preocupado em assegurar governabilidade em um eventual segundo mandato do presidente Lula.

Fialho foi indicado pelo senador José Sarney (PMDB-AP), que ontem subiu à tribuna do Senado para declarar que apóia a candidatura à reeleição de Lula. Sarney lembrou ainda que na segunda-feira, entre 16 e 20 presidentes regionais do partido vão dizer que farão campanha para o presidente. Fialho foi diretor da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), que administra o porto de Itaqui (MA).

O PMDB aguarda agora a nomeação do presidente da Fundação Nacional da Saúde (Funasa), Paulo Lustosa, para o Ministério da Saúde. ?Dez entre dez artistas do PMDB na Câmara referendaram o nome de Lustosa para a Saúde?, disse o líder do PMDB no Senado, Ney Suassuna (PB).O nome de Lustosa era defendido pelos peemedebistas para a presidência da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas uma briga interna no partido atrapalhou a nomeação.